Uma Igreja Em Células - Uma Familia Esperando Você!


Sementes de Vitória na Família

02-08-2010 14:00

Uma Jovem de uns 23 anos de idade, disse: Pastor A verdade é que eu quero casar, mas não quero ter filhos. Lhe perguntei o porque desse pensamento. Ela disse: "Como estão as coisas neste mundo, acreito que não vale a pena ter filhos. Não quero ter filhos para que se perdam no mundo, cheio de corrupção, pecados e violências."

Esse é o drama de muitos homens e mlheres que sofrem ao ver seus filhos perdidos, sem perspectivas e confusos.

Isto esta certo? Será que não há mesmo esperança para as gerações futuras?

Não, não acredito! Pois Deus é Deus e Ele é poderoso para transformar qualquer circunstância, então há esperança SIM. Deus não nos chama, não nos dá uma tarefa sem antes nos dar os recurso para cumprir com essa tarefa.

Deus nos chamou, noa bençoou e nos deu poder para reconstruir, formar, discipular e levantar uma geração que vive com propósito. Esse é o propósito de Deus.

Esse é o maior chamado que Deus nos deu, reproduzir filhos, levantá-los, guiá-los, formá-los e enviá-los para que se projetem na vida com esperança.

Isso esta bem claro nas instruções que Deus deu ao primeio casal criado, Adão e Eva.

Deus lhes abençoou e lhes disse: "(Gênesis 1:28) - E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. A primeira coisa que vemos aqui nesta passagem, é que Deus os abençoou.

A primeira Ordem é:

 FRUTIFICAR.  Sede fecundos, Prospero. Tem a ver com a fruta. Frutas têm sementes.

Em uma semente há muita vida. Há muitos frutos. Estas sementes deverão ser retirados a partir do fruto e preparada para replantação para garantir a reprodução rápida e poderosa.

Como pais, Deus deu filhos e netos e nós precisamos vê-los como  frutas. Dentro de cada uma dessas pessoas há sementes, são cheios de vida. Podemos fazer duas coisas como pais com estas sementes. Ou matamos, destruimos, abandonamos somo nigligentes ou tratamos, alimentamos e preparamos.

Quantos pais ao redor do mundo estão matando as sementes nos filhos que Deus tem lhes dado. Expressões como: "Você não serve para nada", "Você é um problema", "Você jamais será alguém na vida", "Tudo o que você pões a mão não presta", Estas frases, são assassinas de sementes.

Mas quando expressamos Palavras de ânimo como: "Você consegue", "Você é criativo", "Eu acredito em você". Essas frases, fazem germinar a semente no coração de cada pessoa na nossa familia. Crianças e Adultos.

Nosso maior privilégio é ser descobridores de sementes e germinadores dessas semente para que o poder dessas sementes se manifestem.

A Segunda Ordem é:

MULTIPLICAR: Reproduzir.

"A maior multiplicação da vida não é 2x2=4. Mas é um vida derramada em outra para produzir a projeção das riquezas de dois em um". Serafin Contreras.

Temos que ver muito mais além de simplesmente multiplicar um número. Acredito que a raíz da maior multiplicação não é 2 x 2 = 4, mas é o inverso disso. É investirmos de tal maneira em outra pessoa que ela possa a ser um dia, não como nós, mas muito mais que nós mesmos e mais frutiferos que nós mesmos.

 Jesus investiu em seus discípulos durante 3 anos e meio, Ele sabia como havia feito isso, e o que Ele esperava, por isso Ele disse: "Coisas maiores que as que Eu faço, vocês farão, porque Eu vou para o Pai". Em outras Palavras, "Sei que meu investimento em vocês não foi em vão".

Nosso maior investimento é na vida de nossos filhos. Não é investimento em Dinheiro, mas de tempo, intimidade, qualidade de vida. Hoje a maior satisfação de um pai e uma mãe é ver seus filhos sendo projetados para longe, vê-los chegar aonde os pais não puderam chegar.

A terceira ordem é:

ENCHER.

Deus colocou os filhos ao nosso lado para que sejam totalmente cheios. Não podem estar meio cheios. Quem sabe para muitos filhos ainda falta muito para chegarem a ser cheios, para que eles desejem cumprir com o propósito de Deus em suas vidas. É nossa tarefa enchê-los. Enchê-los de amor, cuidado, proteção, instrução, caráter e fidelidade. E o que nós pais não enchermos, quem sabe outros vão fazer de maneira errada.

O Senhor Jesus encheu de tal maneira a seus discipulos que um dia quando as pessoas se recusaram a serem cheias e o abandonaram, Jesus disse aos seus disípulos: "E vocês também querem ir com eles?", Pedro disse: "Senhor a quem iremos, só o Senhor tem as Palavras de vida eterna".

Não somos chamados simplesmente para encher casas de gente ou de coisas, mas para encher de vida. 

A Quarta ordem é:

GOVERNAR: subjugar, tomar cuidado.

A quarta ordem tem a ver com regras, leis e limites. Mas essas regras somente deverão chegar depois de haver frutificado, multiplicado e enchido.  Os filhos que Deus nos entregou precisam saber que na vida os limites são determinantes. Que precisamos nos mover por linhas previamente marcadas.

Regras não são barreiras, são mecanismos de amor para que eles se sintam seguros, protegidos e saibam como alcançar as metas da vida. Governar é tomar cuidado daqueles que Deus entregou em nossas mãos. Regras em casa são determinantes. A vezes nossos filhos, especialmente na fase da adoelscência se rebelam contra as regras, mas a verdade é que a ausência total das regras também os frustram. Na verdade aqueles que se rebelam gostam de sentir-se protegidos pelas fronteiras que com amor lhes colocamos. Muitas vezes se rebelam porque não temos frutificado primeiro, não temos multiplicado e queremos começar com o quarto passo. Regras sem amor nunca funcionarão.

A Última Ordem é:

DOMINAR; Exercer controle, se Responsabilizar.

Dominar, é muito mais do que governar, vai um passo além das regras. È exercer controle. É a última coisa depois de haver frutificado, multiplicado, enchido e governado.  É quando observo que há inimigos por trás querendo roubar a minha colheita, colocar a perder todo o meu investimento. É Guerra Espiritual, é lutar cara a cara com o inimigo. É o que Jesus fez em João 17 quando orou e disse: (João 17:9-12) - "Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. - E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado. - E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós. - Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse".

Ha momentos na vida da família que depois de cumprido as quatro ordens anteriores, parece que tudo esta se perdendo. Como Pais percebemos que há uma presença espiritual estranha a qual necessito dominar com o poder do Senhor. Precisamos tomar posse do que disse o Senhor Jesus: "Vos dou autoridade para pisar serpentes e escorpiões". É tempo de jejuar, orar, declarar guerra e dizer a Satanás: "Você não pode tocar em nenhum de meus filhos, porque eu os entreguei ao Senhor e eles são terra fértil nas mãos do Deus todo Poderoso".

Se formos fiéis ao que nos esta ordenado, ganhar, consolidar, discipular e enviar, então nossos ouvidos escutarão e nossos corações se encheram quando ouvirmos: "Muito bem, Servo bom e fiel, no pouco você foi fiel então eu te colocarei sobre o muito. Entra no gozo de teu Senhor".

Que Deus te dê sabedoria e entendimento para investir toda a tua vida, esforço e devoçâo para levantar uma Geração com Propósito.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Setembro Encontro de Mulheres - Outubro Econtro de Homens

 

 

—————

Voltar